SinBiesp – Sindicato dos Bibliotecários, Cientistas da Informação, Historiadores, Museólogos, Documentalistas, Arquivistas, Auxiliares de Biblioteca e de Centros de Documentação no Estado de Sâo Paulo
Banner
Photo Photo Photo
Home

contribuicao

Incluir guia
Preencher com os dados do sindicato
Tipo de identificação: código sindical
CNPJ ou código da entidade: 01987
Grau da entidade: sindicato
*preencher somente esses 03 (três) campos e confirmar

  Continue e aparecerá:
  Geração de GRCSU para pagamento

  Confirmar se são os dados do sindicato dos
  bibliotecários e preencher com os dados pessoais
  e o valor do recolhimento. Melhor utilização no Internet Explorer

1º DE MAIO DIA DO TRABALHADOR


O SINAINFO repudia de forma veemente as agressões ao estado de direito e à constituição da república perpetradas recentemente, que colocam em risco a nossa jovem democracia, a muito custo conquistada.  POR ESSA RAZÃO, CONVIDAMOS OS PROFISSIONAIS DA INFORMAÇÃO QUE PACTUAM COM ESSE ENTENDIMENTO A SE JUNTAREM AO MOVIMENTO QUE ESTARÁ NO VALE DO ANAHANGABAÚ DIA 1º DE MAIO DE 2016.

 
PARABÉNS BIBLIOTECÁRIOS!

BIBLIOTECÁRIOS E SINDICATO ATUANTES ABRINDO FRONTEIRAS PARA A EDUCAÇÃO


No texto “O Bibliotecário e civilização do conhecimento” escrito pela presidente do SinBiesp Vera Stefanov nos remete à história do início da biblioteconomia no Brasil e no que diz respeito à data comemorativa do profissional bibliotecário referindo-se ao dia de nascimento do engenheiro, bibliotecário, escritor e poeta Manuel Bastos Tigre (Fig.) em 12 de março que foi o precursor desta profissão promissora em nosso país


MANUEL BASTOS

Atualmente, a informação trilha por caminhos que para uma parcela de profissionais da informação se tornou um desafio, pois a tecnologia empregada requer conhecimentos avançados em informática e para isso muitos se desdobraram para entender todo esse processo rápido e revolucionário onde a informação galga por mananciais de conhecimentos os quais cabe aos bibliotecários organizar sistemas complexos de informação cuja matéria prima está armazenada caoticamente nas mais variadas formas de mídias, sobretudo, em seu maior contexto, no universo virtual, ou seja, a informação trilhando o caminho das nuvens.


Entretanto, é importante salientar o papel do bibliotecário em todo esse contexto, por ser o elo entre a informação e o utente. É inconteste que para isso o profissional irá enfrentar várias barreiras. Primeiro que a informação contida nos meios virtuais nem sempre estará disponível a certas parcelas da sociedade que não dispõe de tecnologia e precisam abarcar o acesso a tais conhecimentos. Cabe então ao bibliotecário decodificar e transformar, não modificar o conteúdo, pois tem que se abster, é questão de ética – as preferências não estão em jogo e sim o acesso, a difusão e a disseminação da informação e do conhecimento em geral onde se inclui a perpetuação das culturas.


Neste sentido, além das responsabilidades que um profissional da informação possui, ele também tem suas necessidades no que tangem direitos e deveres trabalhistas.


No âmbito da empregabilidade, percebe-se em homologações realizadas no SinBiesp, que a ocorrência, na maioria dos casos, partiu dos profissionais a solicitação do desligamento no intuito de ir para uma melhor colocação. Isso mostra que a carreira do bibliotecário e profissional da informação, ao contrário que se observa atualmente no cenário nacional, caminha contra a corrente de desempregos que assola o país.

 

No entanto, nós do SinBiesp percebemos que muitos de nossos colegas passam por ações conflitantes desferidas por seus empregadores, sendo na maioria das vezes, desconhecimento dos setores de RH das empresas que contratam o profissional da informação e o enquadram em categorias que lhes convém, o que acarreta a vínculos com sindicatos que não os representam, e no momento que esses profissionais mais precisam de um sindicato são deixados de lados sem os devidos direitos que os assistem, pois esses departamentos desconhecem a legislação que rege a categoria dos profissionais liberais da informação.


SinBiesp , no âmbito estadual e ao longo de duas décadas, sob os auspícios da presidente Vera Stefanov, vem lutando e pleiteando exaustivamente junto aos órgãos da justiça do trabalho e órgãos competentes, direitos do trabalhador da informação, muitos dos quais já conquistados e que trouxeram vários benefícios para a categoria devidamente sindicalizada como por exemplo; o piso salarial, vale refeição, dissídio coletivo o qual sempre com porcentagem superior às outras categorias,  vale alimentação e outros itens que o profissional por lei tem direito.

 

Porém, precisamos ter vigília para não perdermos o que já foi conquistado e ir além.


Para essas lutas que o SinBiesp já travou e vem travando com muito suor, contamos com uma parcela diminuta de profissionais que confiou e continuam confiando no trabalho desenvolvido pelo sindicato, por isso pudemos obter os resultados que muitos profissionais da área estão sendo contemplados.

 

Mas, é preciso mais! Por isso o SinBiesp percebeu que é importante a atuação do sindicato para ultrapassar as fronteiras do Estado de São Paulo de maneira mais efetiva.

Para tanto, nesse ano, após assembleia realizada em junho de 2015 que foi votada a criação do SINAINFO – Sindicato Nacional dos Profissionais da Informação com quórum necessário para sua aprovação está passando por tramitações legais para assim estarmos atuando em âmbito nacional.


Neste sentido, bibliotecários e demais profissionais da informação, a adesão ao sindicato seja de forma física, presente pessoalmente, ou outras formas de contribuição, faz-se mister neste importantíssimo momento que estamos vivenciando para podermos assegurar de todas as maneiras possíveis os direitos já conquistados e também para amparar nossos colegas que exercem a função como tal de profissional da informação, mas não são devidamente reconhecidos como profissionais com o nível de conhecimento que possui e a carga de responsabilidades que carregam.


Aqui no estado de São Paulo, presenciamos, não somente de empresas privadas, mas, também de empresas públicas, os descasos que são acometidos bibliotecários e seus auxiliares, o que dirá então, dos outros estados fora do eixo Sul-Sudeste?

Portanto, o SinBiesp , nesta oportunidade, DIA DO BIBLIOTECÁRIO, vem conclamar e convocar todos profissionais liberais da informação a participarem desta empreitada, que é a criação do SINAINFO, no sentido de colocar, em âmbito nacional, ao mais elevado patamar a categoria do profissional da informação. No intuito maior, fundamental e soberano de integrar as forças sócio-educacionais e culturais em nosso país.


No mais...


PARABÉNS BIBLIOTECÁRIOS! 


SinBiesp

 


 

A seguir, depoimento de um bibliotecário atuante que se tornou Diretor do SinBiesp; FELIPE DORN, sobre sua atuação profissional e contribuição na luta que o sindicato vem travando no dia-a-dia:

 

“Quando ainda faltavam meses para obter o diploma de bacharelado em biblioteconomia pela Universidade Federal de São Carlos - UFSCAR - eu já estava empregado na área, como auxiliar. Pagava as contribuições ao sindicato preponderante da empresa e tinha quase zero de benefício, conforme convenção da categoria, que por ironia, talvez, era de elaboração patronal do ramo imobiliário onde trabalho. Pois bem; assim que formado procurei me informar sobre pisos, direitos e vantagens que um bibliotecário registrado teria por direito também. Foi uma grata surpresa localizar todas estas e mais algumas informações no site do SinBiesp - nosso sindicato aqui em São Paulo!


Minha primeira atitude foi de enviar uma cartinha ao RH da empresa dizendo que a partir de agora todas as contribuições e taxas eu mesmo pagaria diretamente ao MEU sindicato. A segunda foi de conversar com o diretor da empresa sobre minhas atividades biblioteconômicas, a formação e então negociar o alinhamento do salário e outros benefícios os quais só temos direito devido à existência do Sinbiesp, um sindicato que se preocupa com você, profissional da informação. Confesso que esta negociação não foi e nem sempre será fácil,demanda cuidado e é preciso demonstrar segurança nas palavras.

 

Por outro lado, em consonância com o sindicato, fui surpreendido positivamente ao ser convidado para concorrer ao cargo de diretor do sindicato.

 

Nossa chapa fora eleita e então pudemos dar início aos trabalhos. Ajudei desde a organização de um simples acervo até a Bienal do Livro! Porém a lição mais valiosa que aprendi é que, o sindicato é o lugar onde os bibliotecários são amparados por bibliotecários. Aqui é a nossa casa, é por onde devemos nos fortalecer e isto também se dá através, dentre outros, da nossa convenção coletiva de trabalho – CCT, onde constam nossos direitos. Vocês sabiam que a nossa convenção é negociada junto ao patrão e não por imposição dele? Pois é... Aprendi após saber mais sobre nosso sindicato.

 

Então o processo de colaboração via contribuições, seja ela sindical, assistencial ou associativa, acabaram sendo para mim um processo óbvio de onde, para quem e quando contribuir. Veja que o sindicato é uma empresa, tem custos e profissionais envolvidos. Então você, futuro ou atual profissional da informação; saiba identificar quem está ao seu lado, quem te defende de verdade e quem "corre junto" com você!

 

Alô alô! Felipe chamando vocês! Vamos todos nos unir! Esta é a única entidade que te representa! Valorizem o Sindicato dos Bibliotecários de sua região!

 

E parabéns a todos nós!”

 

FELIPE DORN - Diretor do SinBiesp.

 
<< Início < Anterior 1 2 3 4 Próximo > Fim >>

Página 1 de 4

BOLSA DE EMPREGOS

ASSOCIADOS VEJAM OS SEGMENTOS QUE ESTÃO PEDINDO CURRÍCULOS.

- FACULDADES

- ESCRITÓRIOS DE ADVOCACIA

- ESCOLAS SEGUNDO GRAU

- SAUDE

Profissionais solicitados: Bibliotecários, Arquivistas, Auxiliares de biblioteca e arquivos.

Pós-graduação em:

- Gestão Arquivística

- Gestão da Informação Digital

- Gestão de Serviços de Informação
fespsp Confira

SINBIESP no Facebook

Notícias em destaque

Material Fantástico de Pesquisa da ONU

Isso nos faz acreditar que, finalmente, começamos a garantir igualdade de direito à informação verídica! 

 

Assunto: Fw: material fantástico de pesquisa da ONU

 

Segue um material fantástico de pesquisa da ONU.

 

A NOTÍCIA DO LANÇAMENTO NA INTERNET DA WDL, A BIBLIOTECA DIGITAL MUNDIAL.

QUE PRESENTE DA UNESCO PARA A HUMANIDADE INTEIRA !!!

Já está disponível na Internet, através do site

www.wdl.org 

Leia mais...
Edital de Convocação Assembléia Geral Extraordinária

Edital de Convocação

Assembléia Geral Extraordinária

 

Ficam convocados os profissionais das categorias mencionadas, , em todo o Estado de SP, a se reunirem em Assembléia Geral Extraordinária no próximo dia 10 de junho de 2014 (terça-feira), às 15:00 horas em 1a. convocação ou às 15:30 horas em 2a. convocação, na sede do SinBiesp – Av. Nove de julho, 40 - 7º andar – Conj. 7 G – Centro (ao lado da estação Anhangabaú do metrô), nesta cidade de São Paulo, para tratar acerca da seguinte Ordem do Dia:

 

Leia mais...
A biblioteca roubada

Vladimir Safatle


A biblioteca roubada


"A Carta Roubada" é um dos contos mais célebres de Edgar Allan Poe. Nele, o escritor norte-americano conta a história de um ministro que resolve chantagear a rainha roubando a carta que lhe fora endereçada por um amante.

Leia mais...
Como matar sua entidade

Vera L. Stefanov
Presidente do SinBiesp

  • Não freqüente a entidade, mas quando for lá, procure algo para reclamar.
  • Se comparecer a qualquer atividade, encontre falhas no trabalho de quem está lutando por sua categoria.
Leia mais...

Av. Nove de Julho, 40 - 6º andar - Conj 6F e 7º andar Conj 7G- CEP: 01312-000 - São Paulo - SP - Tel.: 11 3242-0911 - Fax: 11 3237-1080